No dia 12 de julho, fui convidado pela Rádio CBN Brasil (Globo) para falar sobre um tema muito atual, a evolução das tecnologias de pagamento.

No Brasil, essa evolução teve início com o Pix, em novembro de 2020. Gradualmente, outros serviços vêm sendo implantados no País, mudando a forma de movimentar dinheiro e gerir dados pessoais.

Como novidade, temos o WhatsApp Pay, que permite realizar transferências bancárias sem custos e com a mesma facilidade de enviar uma foto, por exemplo. O serviço já está disponível para os mais de 120 milhões de usuários do aplicativo de mensagens, no Brasil.

Com o Open Banking, apesar de não implementado completamente, os consumidores já podem solicitar produtos ou serviços financeiros a instituições das quais não são clientes, usando apenas um de seus dados cadastrais (nome, número de documento ou endereço, por exemplo). 

Com essa informação, as instituições que participam do Open Banking podem acessar a sua ficha cadastral, desde que você as autorizem. O consumidor também poderá compartilhar informações sobre suas transações de conta corrente, poupança, cartões e operações de crédito.

A última novidade anunciada pelo Banco Central diz respeito a criação de uma moeda digital do Brasil. Entre as diretrizes divulgadas pelo BC, estão a possibilidade de desenvolvimento de modelos inovadores a partir de evoluções tecnológicas, como contratos inteligentes (smart contracts), internet das coisas (IoT) e dinheiro programável; a previsão de uso em pagamentos de varejo; e a capacidade para realizar operações online e eventualmente operações offline.

Author

Rodrigo Calado é sócio-fundador e CTO do Gran Cursos Online. Graduado em Gestão da Tecnologia da Informação, pós-graduando em Governança de TI pela Universidade Católica de Brasília e cursou MBA em Gestão e Empreendedorismo pela FGV. Possui convicta paixão pela área de tecnologia, educação digital, concursos públicos e empreendedorismo.

Write A Comment